POSTERGADO: EVENTO ONLINE – Democracia no Brasil em risco?

Esta publicação também está disponível em: Inglês Espanhol

Em 1985 o Brasil retornou à democracia depois de 21 anos de regime militar. Desde então, o país atravessou inúmeros desafios que testaram a força do seu sistema democrático.

Durante aquele período, os militares brasileiros mantiveram um baixo perfil e apoiaram as instituições democráticas. Entretanto, desde janeiro de 2019, quando Jair Bolsonaro, capitão reformado do Exército e parlamentar de extrema direita, tornou-se presidente do Brasil, lideranças militares passaram a ocupar um maior papel na vida política brasileira. Hoje, mais de 6 mil oficiais militares, aposentados ou em atividade, são parte do atual governo, ultrapassando o número de oficiais alocados pela ditadura militar no passado, além de 7 das 23 chefias ministeriais serem ocupadas também por militares.

Talvez ainda mais preocupante sejam a retórica e as ações do atual governo brasileiro. Diante do crescente criticismo sobre a má gestão tanto da pandemia quanto da economia no Brasil, bem como dos deslizantes índices de apoio ao presidente nas pesquisas de opinião, Bolsonaro tem lançado dúvidas sobre a integridade das eleições presidenciais do próximo ano e atacado o Supremo Tribunal Federal por autorizar investigações contra si próprio e seus aliados.

Como os pronunciamentos problemáticos de Bolsonaro estão impactando a democracia no país? Quais são as implicações da crescente participação de oficiais militares, aposentados e da ativa, no governo brasileiro?

Para responder estas e outras questões, o Diálogo Interamericano e a Comissão Arns de Defesa dos Direitos Humanos juntam-se na organização do evento “Democracia brasileira em risco?”.

Para acompanhar este diálogo acesse #BrazilDemocracy and @TheDialogue and @comissaoarns pelo Twitter.
Convidamos os interessados a enviar suas perguntas utilizando a função Q&A da plataforma Zoom ou através do email meetings@thedialogue.org.

Este diálogo será feito em português, com traduções simultâneas em inglês e espanhol para os que acessarem o evento online através do RSVP.

COMENTÁRIOS INICIAIS: 

Michael Shifter

Presidente, Inter-American Dialogue (@MichaelShifter)

Panelistas:

Fernando Henrique Cardoso

Ex-Presidente, Brazil; Chair Emeritus, Inter-American Dialogue (@FHC)

Claudia Costin

Fundadora e Diretora, Centro de Excelência e Inovação em Políticas Educacionais, Fundação Getúlio Vargas; Membro, Comissão Arns (@ClaudiaCostin)

Celso Amorim

Ex-Ministro das Relações Exteriores e da Defesa, Brazil 

Moderador:

Santiago Canton

Diretor, Programa Peter D. Bell Rule of Law, Inter-American Dialogue (@SantiagoACanton)

Comentários Finais:

Maria Hermínia Tavares de Almeida

Cientista Política, Pesquisadora Senior, Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap); Membro Fundadora, Comissão Arns

CO-PATROCINADOR DO EVENTO:

Este evento é realizado em parceria com a Comissão Arns de Defesa dos Direitos Humanos.

Comissão Arns (@comissaoarns) | Twitter


Related Links